QUAL A IMPORTÂNCIA DE UMA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL?

Certificação

QUAL A IMPORTÂNCIA DE UMA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL?

QUAL A IMPORTÂNCIA DE UMA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL?

Muito se fala, nos dias de hoje, da dificuldade de uma empresa em encontrar profissionais capacitados para exercer determinada função. Alguns setores, em especial, sofrem ainda mais com a falta de mão-de-obra no mercado. Muitos setores da economia, principalmente aqui no Brasil, tentam romper essas barreiras criando uma formação de base, como ocorre na indústria através do programa SESI/SENAI com o objetivo de qualificar pessoas para determinadas funções do parque fabril. Mas, afinal, qual o motivo de termos tanta dificuldade em empregar? Mesmo com índices de desemprego entre 5% e 7 % da população economicamente ativa, o volume de pessoas fora do mercado de trabalho ainda é expressivo? Mas como pode ter tanta gente desempregada e tantas empresas sem encontrar o profissional com o perfil adequado às vagas disponíveis? Cabe a quem, a tarefa de incluir essas pessoas no grupo dos “profissionais capacitados”? São muitas perguntas extremamente complexas que esperam respostas, se analisarmos puramente sob o ponto de vista sociológico, teríamos discussões infindáveis, se analisarmos somente de forma prática, ainda assim teremos uma longa discussão, mas o fato principal é que o modelo educacional brasileiro “não forma nem prepara” o jovem para o mercado de trabalho. Com exceção feita às escolas técnicas, o jovem sai em busca de seu primeiro emprego sem saber qual sua vocação ou tendência e, algumas vezes, são influenciados pela vontade dos pais ou parentes. Outros sequer têm a sorte de sofrer qualquer tipo de influência e acabam sujeitando-se a atividades que tomam maior parte de seu tempo e o remuneram muito mal, trazem pouca ou nenhuma satisfação e em locais distantes e impossibilitam a continuidade dos estudos… Muitos sequer chegam a cursar um curso de graduação! Mas o fato principal e devemos nos atentar é que a responsabilidade sobre nossos futuros é somente nossa! Não devemos transferir a responsabilidade de nossas carreiras à empresas, governos ou terceiros. Precisamos sim, olharmos nossa formação com seriedade e entendermos que não se gasta com educação, se investe! Isso mesmo, investir em educação e formação continuada é a melhor, se não a única maneira de garantirmos um futuro mais promissor! Não basta, nos dias de hoje, ser um profissional generalista! Os cursos de certificação nos diferenciam dos demais profissionais do mercado, nos torna especialista em setores extremamente carentes de pessoas, atestam a nossa capacidade e nossos conhecimentos. Alguns de nós, ao nos depararmos com determinado curso preparatório para uma certificação, imagina logo o quão dispendioso será dispôr daquele recurso e desistem de buscar uma evolução profissional… Outros, por sua vez, calculam imediatamente em quanto tempo o referido investimento terá e retorno e descobrem que, em dois ou três meses, ou em apenas um único projeto, aquele investimento se transforma em lucro certo e sustentável. Agora, me digam com sinceridade, se investires em um negócio próprio, quanto tempo levará para chegar ao ponto de equilíbrio? Dois ou três anos? Pois me diga, qual o único negócio do planeta se não você mesmo, lhe propicia um retorno tão rápido? Da próxima vez que se deparar com a oportunidade de se certificar e atestar suas competências analise os dados como um empreendedor, cuja loja é o conjunto de corpo e mente, os produtos são suas competências e o lucro é a sua felicidade!

Autor: Fabio Anjos

Add comment